IDIOMA

 
 
 
Serviços de A a Z
Quarta, 19 de outubro de 2011, 16h37 | Tamanho do texto: A- A+

Importação e Exportação


SECOM

O Estado de Mato Grosso é o maior exportador do Centro-Oeste e um dos maiores do Brasil. Em 2010 alcançou cifras de U$ 8,45 bilhões, com variação no período 2007/2008 de 52,3%. Com isto, a balança comercial do Estado saltou da 10º para a 8º posição no ranking nacional.

As exportações estaduais representaram 52% do total do Centro-Oeste, cujo valor exportado da região alcançou U$ 14,2 bilhões. A importância do comércio externo pode ser constatada pelo seu peso na economia, cujo valor no ano de 2008 foi equivalente a 21,5% do PIB do Estado. O fluxo do comércio internacional, que sintetiza o somatório de todas as transações com as exportações e importações, alcançou, em 2008, o valor de US$ 9,089 bilhões, graças à diversidade de sua pauta de produtos exportados e à conquista de novos mercados.

Em 2010, Mato Grosso foi responsável por cerca de 37% do saldo da balança comercial brasileira. O Estado vende seus produtos para 160 países. O complexo de soja, carne, milho e arroz ainda são os produtos mais comercializados. Os maiores parceiros comerciais de Mato Grosso, em termos de exportações, continuam sendo a China, os países baixos (Holanda), Suíça, Espanha, Ira e Reino Unido.

Por meio do benefício fiscal concedido na importação de produtos sem similares produzidos no Estado, o governo contribui para o desenvolvimento do comércio, renovação do parque industrial, e também na atração de novos investimentos para Mato Grosso. O apoio fiscal é tanto para comércio como para integrar ativo fixo concedido às empresas instaladas em territórios mato-grossenses. Empresários interessados em usufruir do benefício deverão ter suas importações desembarcadas em recinto alfandegado de Porto Seco, além de protocolarem solicitações de enquadramento junto a Secretaria de Indústria, Comércio, Minas e Energia.

##PAINEL_INVISTA##

Mais sobre este assunto:

Filtro

Newsletter
Preencha o formulário abaixo para receber nossos boletins: